Quem Escreve

Minha foto
Baiana, Publicitária, Canceriana e apaixonada por maquiagens e cosméticos. Tudo aquilo que envolve o universo feminino e nos faz sentir bem, me encanta, porque a verdadeira beleza é o nosso estado de espírito.

Instagram

Fan page

Youtube

https://www.youtube.com/user/26neneca

Seguidores

Google+ Followers

Postagens populares

Search

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Follow by Email

sexta-feira, 29 de março de 2013

Dica do Dia: Torta Capixaba

Olá meninas, tudo bom com vocês?
Sei que to bem sumidinha né! 
Bom mas hoje estou aqui, para ensinar a todas, a fazer uma especialidade do meu estado que é  ES.
Aqui geralmente comemos a famosa, torta na semana santa. Então é uma boa opção para quem está em duvida do que fazer de almoço nessa Sexta-Feira.


 Vamos lá :

INGREDIENTES

  • ½ kg de palmito natural previamente cozido, ou 2 vidros (moquequinha)
  • 1 kg de bacalhau desalgado e desfiado (moquequinha)
  • 500 g de siri desfiado e cozido (moquequinha)
  • 500 g de caranguejo desfiado e cozido (moquequinha)
  • 500 g de camarão cozido (moquequinha)
  • 15 ovos, sendo 12 para o preparo da torta e 3 cozidos para decoração do prato
  • 3 tomates picadinhos
  • 3 cebolas picadinhas
  • 10 dentes de alho picadinhos
  • 4 maços de coentro picadinhos
  • 3 maços de cebolinha picadinha
  • Aproximadamente 15 colheres de sopa de azeite extra-virgem (você usará cerca de 3 colheres para cada moqueca que fará) e regará um pouco no final do preparo do prato
  • 250 g de sururu cozido (opcional)
  • 500 g de badejo ou outro peixe desfiado e cozido (moquequinha)
  • Sal e pimenta a gosto


MODO DE PREPARO


  1. Você as fará uma a uma separadamente e só depois irá misturá-las
  2. Em uma panela coloque um pouco de azeite para dourar uns 2 dentes de alho, amassados e 1 cebola picadinha, acrescentar 1 tomate picadinho e deixar quase desmanchar
  3. Coloque então coentro e cebolinha bem picadinho, sal e pimenta a gosto
  4. Colocar então o tipo de fruto do mar que quer preparar e deixar ferver até cozinhar
  5. Reserve
  6. Faça isso para cada tipo de moqueca e reserve-as
  7. Nota também deve proceder assim para fazer a moquequinha de palmito, pois, quando for fazer a torta capixaba, deve fazer as moquecas dos frutos do mar e palmito separadamente
  8. Essas moquecas não devem ter caldo para a que a torta não fique molhada
  9. Depois das moquecas prontas é que você vai misturar tudo (todas as moquecas dos frutos do mar e a de palmito), mexendo sempre para ela dar uma secadinha e para todos os ingrediente se misturem em uma mistura homogênea
  10. Depois bata umas 6 claras em neve, adicione as gemas e misture na torta para dar liga, com ela ainda no fogo
  11. Quando ela estiver sequinha, coloque num tabuleiro untado com azeite, decore com rodelas de ovos, azeitonas e rodelas de cebola (opcional)
  12. Bata mais 6 claras em neve, coloque então as gemas e espalhe, cubra toda torta capixaba
  13. Leve ao forno médio até que essa cobertura fique douradinha
  14. Sirva com arroz branco, salada de verduras e um bom vinho tinto


Espero que tenham Gostado meninas !
Fonte:http://tudogostoso.uol.com.br/receita/89061-torta-capixaba-tradicional.html
 Bjos Lari Soeiro
quarta-feira, 27 de março de 2013

Petit Gateau! Hum...


Oi Genteeeee!

Hoje eu vim falar sobre um assunto bem diferente, porém muito delicioso que eu sei que vocês também gostam! Vim falar sobre minha sobremesa predileta, o Petit Gateu!
Pois é... Eu sou apaixonada por essa delícia, e sempre que saio para comer fora, não dispenso um bom Petit Gateau, mesmo que eu tenha que enfiar o pé na jaca e manda a dieta pro espaço! Heheheheh... É mais forte do que eu, meu Deus! kkkkkkkkk

Petit gâteau (do francês pequeno bolo, plural: petits gâteaux; pronuncia-se peti gatô) é uma sobremesa composta de um pequeno bolo de chocolate com casca crocante e recheio cremoso servido geralmente acompanhado de sorvete.

A denominação petit gâteau significa "pequeno bolo" na França, no país esse tipo de doce é conhecido como fondant au chocolat. É desconhecida a origem da denominação nas Américas, acredita-se que este se popularizado entre os norte-americanos.

A história do petit gâteau é controversa, alguns defendem que ele foi criado na França, outros que foi criado pelo chef francês erradicado em Nova Iorque Jean-Georges Vongetrichten ao errar na quantidade de farinha que usaria na receita de bolinhos. Outra versão diz que o doce foi criado por um aprendiz de chef dos Estados Unidos que aqueceu demais o forno para preparar bolinhos, assim mesmo foram servidos conquistando a apreciação dos clientes.

Acredita-se que a sobremesa foi chegando ao Brasil em 1996 no Brasil. Erick Jacquin,
chefe de cozinha francês erradicado em São Paulo trouxe a receita após esta ser desenvolvida pelo também francês Michel Brás. A receita do petit gâteu foi adotada e modificada (de modo que o consumidor pudesse optar por diferentes recheios), por diversos cozinheiros ao redor do mundo.




RECEITA:

200 g de chocolate meio amargo; 2 colher(es) (sopa) de manteiga;
2 colheres (sopa) de farinha de trigo; 2 ovos inteiros; 2 gemas;

Derreta a manteiga e o chocolate em banho-maria. Unte forminhas de bolinhos com margarina e pulverize chocolate em pó. Bata os ovos e as gemas de ovo com açúcar na batedeira até ficar bem claro. Se sua batedeira não for planetária isso pode levar uns 20 minutos. Deixe ficar bem fofo e claro. Sem pressa, ok? Junte a farinha de trigo peneirada e o chocolate derretido, misturando com uma espátula, bem delicadamente. Despeje a massa nas forminhas, sem preenchê-las completamente.
Pré-aqueça o forno e leve para assar. 5 a 7 minutos (dependendo do forno) até os bolinhos crescerem, mas ficarem com o meio mole, assim quando cortamos sai aquela calda de chocolate quente. A impressão é de que o bolinho ainda está cru, mas se você esperar que o garfo saia limpo, perderá a calda característica do petit gateau. Deve-se desenformar quente, diretamente no prato, acompanhado com sorvete de creme. Para congelar basta colocar a forminha cheia, coberta com filme plástico, no freezer e quando for servir deixar o bolinho voltar à temperatura ambiente antes de colocar no forno.






Depois de assado, retira das forminhas com muito cuidado.


E por último... É só usar a criatividade para decorar no prato! Geralmente o Petit Gateau é servido com duas bolas de sorteve de creme com muita calda de chocolate por cima... Tentação!


Então é isso, gente! Espero muito que vocês tenham gostado do post de hoje!
Muitoooo Petit Gateau para adoçar da gente!

Bjo grande!

Postado por: Cissa Souza.